quinta-feira, 4 de março de 2010

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Noivado Estranho

O luar branco, um riso de Jesus,
Inunda a minha rua toda inteira,
E a Noite é uma flor de laranjeira
A sacudir as pétalas de luz…
A luar é uma lenda de balada
Das que avozinhas contam à lareira,
E a Noite é uma flor de laranjeira
Que jaz na minha rua desfolhada…

O Luar vem cansado, vem de longe,
Vem casar-se co´a Terra, a feiticeira
Que enlouqueceu d´amor o pobre monge…

O luar empalidece de cansado…
E a noite é uma flor de laranjeira
A perfumar o místico noivado!…

Florbela Espanca

reflexão

Criar o blogue não foi muito difícil devido, principalmente,à ajuda da Alcinda.A partir daqui tem de ser alimentado e para isso vai ser necessário arranjar tempo, ter ideias e imaginação.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010


Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é.
Fernando Pessoa

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Finalmente

Finalmente finalizei a organização da página.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Basta estarmos atentos, ao que vemos, para ouvirmos com os olhos.